(CBJ) Equipes feminina e masculina ficam em 5º no Mundial Sub 21
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

O Brasil esteve perto de mais duas medalhas no Mundial Sub 21, que terminou neste domingo (26), em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. As duas equipes brasileiras chegaram à disputa pelo bronze mas acabaram derrotadas por três a dois, as meninas pelas sul-coreanas e os homens pelos russos, e ficaram na quinta colocação.

A equipe feminina do Brasil foi composta por Larissa Farias, Tawany Silva, Jéssica Pereira, Flávia Gomes, Tamires Crude, Danielle Karla Oliveira, Mariana Veiga, Camila Gebara e Sibilla Faccholli. Na disputa pela medalha, o Brasil começou atrás com a derrota de Jéssica Pereira para Da Sol Park. Flávia Gomes conseguiu a virada com um wazari depois de sair perdendo por um yuko para Daun Park e empatou. Danielle Karla colocou o Brasil em vantagem ao vencer Saho Ahn por wazari e um yuko. Mas Mariana Veiga  foi imobilizada por Hye Jin Jeong e o confronto ficou empatado. A pesado Camila Gebara(+70kg) perdeu para Mi Jin Han, principal nome do time sul-coreano e 5ª colocada no individual, por um yuko e a Coreia do Sul ficou com o bronze. 

No primeiro combate, as brasileiras passaram pelas croatas que contavam com a campeã mundial no meio médio, Barbara Matic, e com Tena Sikic (52kg) e Ivana Sutalo (+78kg), que ficaram em quinto lugar nas suas categorias. E as brasileiras não deram chance, vencendo por quatro a um e garantiram uma vaga na repescagem. O confronto contra a Rússia foi ainda mais duro. Os destaques da equipe russa foram Daria Mezhetskaya, bronze no leve, e Diana Dzhigaros, sétimo no meio médio. Mas as brasileiras venderam caro a derrota por três a dois e seguiram na disputa pelo bronze.
 
Na repescagem, foi a vez de enfrentar a Itália. Odette Giuffrida, que não foi bem nesse Mundial, mas que é atual campeã europeia Sub 21 e foi bronze no Mundial Sub 21 de 2013, é o principal nome dessa geração. Mas sem outras atletas à altura dela, a equipe italiana não fez frente ao Brasil que venceu por três a dois.
 
No masculino, os brasileiros pegaram uma pedreira na disputa do bronze. Os russos que contavam em sua equipe com Egor Mgdsyan, campeão mundial no meio leve; Mikhail Igolnikov, prata no meio médio; e Ruslan Shakhbazov, bronze no pesado, venceram pelo placar mínimo. Ricardo Santos Junior (66kg) e Lincoln Neves (73kg) fizeram lutas duras mas não resistiram aos adversários e a Rússia abriu dois a zero. Rafael Macedo mostrou mais uma vez estar em grande fase e venceu o seu combate. Eduardo Santos (90kg) entrou só para marcar o segundo ponto do Brasil porque os russos não tinham atleta na categoria. Mas no final, Gabriel Souza não conseguiu se impor ante Shakhbazov, sofreu quatro punições e foi eliminado da luta.

O Brasil fez a estreia na disputa contra o Cazaquistão, que tinha como principal destaque o meio pesado Nurym Salimgereyev, sétimo colocado no Mundial. Mas a equipe formada por Luiz Claudio Lima Júnior, Vitor Carvalho, Ricardo Santos Júnior, Gabriel Pinheiro, Lincoln Neves, Rafael Macedo, Eduardo Yudi Santos, Thiago Chiodi, Gabriel Souza e João Marcos Cesarino não tomou conhecimento dos cazaques, venceu por quatro a um e garantiu a vaga nas quartas-de-final contra o forte time da Ucrânia. Comandados por Iakiv Khammo, bronze no pesado, e Bogdan Iadov, quinto colocado no meio leve, os ucranianos venceram os brasileiros pela vantagem mínima (3 a 2) e avançaram para as semifinais.

Aos brasileiros, então, coube disputar a repescagem contra a surpreendente equipe do Egito que, comandada pelo pesado Ahmed Wahid, sétimo colocado no pesado, eliminou a forte França nas oitavas-de-final. Num confronto equilibrado, os brasileiros garantiram a vaga na disputa do bronze com uma vitória por três a dois.

Nos Estados Unidos, os atletas são acompanhados pelo gestor técnico das equipes de base Marcelo Theotônio, pelos técnicos Douglas Vieira e Andrea Berti, pelo assessor técnico Edmilson Guimarães e pelo fisioterapeuta Gustavo Braga.

 

Fronte: http://www.cbj.com.br/noticias/4334/the-men-and-women-teams-are-in-5th-place-at-the-world-junior-championship--.html#prettyPhoto

ANIVERSARIANTES DO DIA

Atleta Marcos Odilio Vieira Ferreira Alves

Apoio

Federação Internacional de Judô

Confederação Brasileira de Judô

Federação de Judô do Mato Grosso do Sul

Instituto Kodokan de Judô

World Judo Day (Dia Mundial do Judô)

Olimpíadas de Londres - 2012

Rua Melvin Jones, 815 - Bairro Jardim América - CEP 79803-010 - Dourados/MS

2010 © SAKURÁ - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: